quarta-feira, agosto 31, 2011

Vírus: cuidados que se deve ter com o seu computador (parte 3)

Histórico: a evolução do vírus de computador


1983 – O pesquisador Fred Cohen (doutorando de engª. elétrica da Univ. da
Califórnia do Sul), entre suas análises, batizou os programas de códigos
nocivos como “Vírus de Computador”.


1987 - Surge o Brain, o primeiro vírus de computador de que se tem notícia.
Ele infecta o setor de boot de disquetes (na época de 360 Kb), e utiliza
técnicas para passar despercebido pelo sistema.
Stoned (primeiro vírus a infectar o registro mestre de boot, MBR) é liberado.
Ele danifica o MBR da unidade de disco rígido, corrompendo ou até mesmo
impedindo a inicialização do sistema operacional.


1988 – O primeiro software antivírus é oferecido por um programador da
Indonésia. Depois de detectar o vírus Brain, ele o extrai do computador e
imuniza o sistema contra outros ataques da mesma praga.
O Internet Worm é liberado na ainda emergente Internet e atinge cerca de
6.000 computadores.



1989 – Aparece o Dark Avenger, que contamina programas rapidamente, mas
o estrago subseqüente acontece devagar, permitindo que o vírus passe
despercebido por muito tempo.
A IBM fornece o primeiro antivírus comercial e é iniciada uma pesquisa
intensiva contra as pragas eletrônicas.
No início do ano, apenas 9% das empresas pesquisadas sofreram um ataque de
vírus. No final do ano, esse número saltou para 63%.


1992 – Michelangelo, o primeiro vírus a causar agitação na mídia. É
programado para sobregravar partes das unidades de disco rígido em 6 de
março, dia do nascimento do artista da Renascença. As vendas de software
antivírus disparam, embora apenas alguns casos de infecção real sejam
reportados.


1994 – O autor de um vírus chamado Pathogen, na Inglaterra, é rastreado pela
Scotland Yard e condenado a 18 meses de prisão. É a primeira vez que o autor
de um vírus é processado por disseminar código destruidor.


1995 – Surge o Concept, o primeiro vírus de macro. Escrito na linguagem
Word Basic da Microsoft, pode ser executado em qualquer plataforma com
Word - PC ou Macintosh.
O Concept desencadeia uma explosão no número de vírus de macro, pois são
muito fáceis de criar e se disseminar.


1999 – O vírus Chernobyl, que deixa a unidade de disco rígido e os dados do
usuário inacessíveis, chega em abril. Embora tenha contaminado poucos
computadores nos Estados Unidos, provocou danos difundidos no exterior. A
China sofre prejuízos de mais de US$ 291 milhões. Turquia e Coréia do Sul
também foram duramente atingidas.


2000 – O vírus LoveLetter, liberado nas Filipinas, varre a Europa e os
Estados Unidos em seis horas. Infecta cerca de 2,5 milhões a 3 milhões de
máquinas, causando danos estimados em US$ 8,7 bilhões.


2001 – A “moda” são os códigos nocivos do tipo Worm (proliferam-se por
páginas da Internet e principalmente por e-mail).
São descobertos programas que criam vírus. Um deles é o VBSWorms
Generator, que foi desenvolvido por um programador argentino de apenas 18
anos.


fonte: Gerência de Transferência de Tecnologia-CCUEC /  Paulo Serrano (28/08/2001)

terça-feira, agosto 30, 2011

Vírus: cuidados que se deve ter com o seu computador (parte 2)

Vírus de computador: o que é isso?

É um programa como outro qualquer, mas com um único diferencial: seu
código é nocivo aos sistemas operacionais e respectivos aplicativos.

Gerados como arquivos executáveis, têm como característica principal a
possibilidade de auto replicação, ou seja, uma vez executado, ele passa a ficar
ativo na memória do computador e é feita uma cópia de seu código para
dentro da unidade de armazenamento (disquete ou disco rígido) onde serão
rodadas suas instruções nocivas no sistema infectado.

As finalidades desses programas nocivos não são outras senão a de alterar,
corromper e ou destruir as informações acondicionadas em disquetes e discos
rígidos de microcomputadores.

fonte: Gerência de Transferência de Tecnologia-CCUEC / Paulo Serrano (28/08/2001)

segunda-feira, agosto 29, 2011

Vírus: Cuidados que se deve ter com o seu computador

Introdução:

A Tecnologia de Informação mudou totalmente a vida das pessoas. Hoje quase
tudo é informatizado. A cada semana ouve-se notícias de lançamentos de
novas tecnologias que vão substituindo as atuais numa velocidade espetacular.

Num ritmo mais acelerado, tecnologias da mesma área, vão se multiplicando a
cada dia, e infelizmente não são desenvolvidas para auxiliar na melhoria das
tecnologias atuais, pelo contrário, são ameaças suficientemente poderosas e
com um notório poder de destruição, conhecidas como: vírus de computador.

Os vírus de computador podem ser inofensivos como uma simples brincadeira
de criança, como também podem ser o fim de todo um trabalho.
Essas ameaças do mundo da informação eletrônica, são frutos de mentes
doentias que se privilegiam de conhecimentos em linguagens de programação,
e a partir delas, criam códigos que fazem de nossos vulneráveis computadores,
verdadeiros bonecos de marionetes.

Mas esse alto conhecimento em programação já não é tanto assim um pré-requisito.
Hoje existem programas que criam vírus ao gosto do usuário.
É preciso estar atento e preparado para identificar o inimigo e poder combatê-lo
de forma eficaz.

fonte: Gerência de Transferência de Tecnologia-CCUEC /  Paulo Serrano (28/08/2001)

domingo, agosto 28, 2011

Extensões de arquivos

Arquivos compactados: zip
Arquivos de Programas: exe, com
Texto:  txt
Uma pasta do Excel: xls, xlsx
Uma apresentação do PowerPoint: ppt, pptx
Um documento do Word: doc, docx
Arquivos da internet: htm, html,php
Arquivos de imagem: jpg,gif,bmp
BrOffice: odt (texto),  ods (planilha),  odp (apresentação), odg (desenho)
Adobe Reader: pdf

sábado, agosto 27, 2011

História das Gerações dos Computadores


Primeira Geração
Os computadores de primeira geração são todos os baseados em tecnologias de válvulas eletrônicas. Esta geração vai até 1959, mas seu início é classificado em 1942 e 1951. Os computadores da primeira geração normalmente quebravam após não muitas horas de uso. Tinham dispositivos de Entrada/Saída primitivos, calculavam com uma velocidade só de milésimos de segundo e eram programados em linguagem de máquina.
Considerando que só em 1951 surgiram os primeiros computadores produzidos em escala comercial, pode-se iniciar a primeira geração com o UNIVAC I destacando o EDVAC, o Whirlwind e o IBM 650 como computadores típicos dessa geração. Não é difícil de imaginar a confiabilidade, a quantidade de energia consumida e o calor produzido por 20.000 válvulas de um computador da primeira geração.

Segunda Geração
Nos equipamentos de segunda geração, a válvula foi substítuida pelo transistor, tecnologia usada entre 1959 e 1965. O transistor foi desenvolvido em 1947 no Bell Laboratories e por William Shockley, J.Brattain. Seu tamanho era 100 vezes menor que o da válvula, não precisava de tempo para aquecimento, consumia menos energia, era mais rápido e mais confiável.
Os computadores da segunda geraçao á calculavam em microssegundos (milionésimos), eram mais confiáveis e o seu representante clássico foi o IBM 1401 e seu sucessor o IBM 7094, já totalmente transistorizado. Entre os modelos 1401 e 7094, a IBM vendeu mais de 10.000 computadores.


Terceira Geração
A terceira geração começa com a substituição dos transistores pela tecnologia de circuitos integrados - transistores e outros componentes eletrônicos miniaturizados e montados num único chip -, que já calculava em nanossegundos (bilionésimos). O evento considerado precursor da terceira geração é o anúncio em 7 de abril de 1964 da família criada por Gene Amdahl, chamada System/360, o IBM 360, com seis modelos básicos e várias opções de expansão que realizava mais de 2 milhões de adições por segundo e cerca de 500 mil multiplicações. Ese fato tornou seus antecessores totalmente obsoletos e possibilitou à IBM comercializar bem mais 30.000 sistemas.


Quarta Geração
A quarta geração é localizada a partir do ano de 1970 ou 1971 até hoje - considerando a importância de uma maior escala de integração alcançada pelos CI's de LSI. Finalmente, a outra corrente usa o mesmo argumento da anterior, mas considerando que a miniaturização de fato com os VLSI's, definindo a quarta geração de 1975, com o advento dos microprocessadores e dos microcomputadores.


As classificações variam muito, por vezes utilizam-se 3 ou até 5 gerações.

Tirado de O Universo da Informação,  por Leonardokipper







sexta-feira, agosto 26, 2011

Unidades de Medida




Um byte, frequentemente confundido com bit, é um dos tipos de dados
integrais em computação. É usado com frequência para especificar o
tamanho ou quantidade da memória ou da capacidade de armazenamento
de um computador, independentemente do tipo de dados armazenados.
Byte (B)
• 1 Byte = 8 bits (2³ bits).
Kilo (kB)
• 1 Kbyte = 1024 Bytes (210) Bytes.
Megabyte (MB)
• 1 024 KB
• 1 048 576 (220) Bytes
• 8 388 608 Bits
Gigabyte (GB)
• 1 024 MB
• 1 048 576 KB
• 1 073 741 824 (230) Bytes
• 8 589 934 592 Bits
Terabyte (TB)
• 1 024 GB
• 1 048 576 MB
• 1 073 741 824 KB
• 1 099 511 627 776 (240) Bytes
• 8 796 093 022 208 Bits
Petabyte (PB)
• 1 024 TB
• 1 048 576 GB
• 1 073 741 824 MB
• 1 099 511 627 776 KB
• 1 125 899 906 842 624 (250) Bytes
• 9 007 199 254 740 992 Bits




fonte: amplitude.webnode.com

quinta-feira, agosto 25, 2011

O que é informática?

 Ciência que visa ao tratamento da informação através do uso de equipamentos da área de processamento de dados”. (Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)





quarta-feira, agosto 24, 2011

O amanhã chegou hoje!

Se os últimos 50.000 anos de existência do homem fossem divididos em períodos de aproximadamente 62 anos cada um, teriam havido aproximadamente 800 gerações. Dessas 800 gerações, 650 foram completamente passadas nas cavernas. 
Apenas durante as últimas 70 gerações tem sido possível a comunicação efetiva de uma geração para a outra, uma vez que a escrita possibilitou esta transposição. Apenas durante as últimas 6 gerações as massas humanas viram, pela primeira vez, a palavra impressa. Somente durante as últimas 4 gerações foi possível medir o tempo com alguma precisão. Apenas nas 2 últimas pôde alguém usar um motor elétrico.
E a esmagadora maioria de todos os bens materiais que usamos cotidianamente, na nossa vida comum, desenvolveu-se dentro da presente geração, que é a de número 800. De todos os cientistas que já existiram no mundo, desde os princípios da civilização, apenas 7 % viveram em gerações anteriores à nossa. Em outras palavras, 93 % dos cientistas, desde que o mundo é mundo, vivem hoje e estão produzindo HOJE novos conhecimentos científicos.”
Alvin Toffler

Alvin Tofler é um escritor futurista norte americano

Doutorado em letras, leis e ciência
Conhecido  por seus escritos sobre a revolução digital
O livro mais famoso é “A terceira Onda”.
De acordo com o autor, a primeira onda trata da revolução agrícola. A segunda onda apresenta as modificações ocorridas na sociedade com base na revolução industrial. Já a terceira onda é baseada no industrialismo que formará uma nova civilização, interferindo nas relações de trabalho, interpessoais e de consumo.

terça-feira, agosto 23, 2011

Previsões Épicas para o Futuro da Informática

“Imagino que o mercado mundial suporte, talvez, cinco computadores.”         (Thomas Watson, chairman da IBM, 1943)
“No futuro, os computadores poderão pesar menos que 1 tonelada e meia.” (Popular Mechanics, previsão sobre a marcha implacável da da ciência, 1949)
“Não há razão para alguém querer um computador em casa.”                      (Ken Olson, presidente, chairman e fundador of Digital Equipment Corp., 1977)
“640K é mais que suficiente para qualquer um.”                                              (Bill Gates, 1981)  



Lembrando que foram previsões feitas entre as décadas de  40 e 80, com isso podemos ver  quão rápido se deu o avanço na informática,  hoje  lemos essas previsões e rimos, imagine como eram os computadores daquela época...

Por Leonardokipper

sábado, agosto 06, 2011

Arquitetura do PC


A arquitetura de um computador é a estrutura física (hardware), composta pela Fonte, Placa-Mãe(Motherboard) e os demais componente ligados a ela (memória RAM, HD, Drives, Processador...) que obedecem aos comandos do sistema operacional (S.O.) e os programas (softwares).

Fonte de Alimentação


A Fonte é responsável pela distribuição de energia em todo o sistema. " Muitas vezes o usuário reclama de lentidão em uma máquina boa. Mas não percebe que a causa disso pode ser a fonte com desempenho ruim". O tipo mais comum é a fonte ATX 24 Pinos, 12 volts. É necessário verificar com atenção a sua capacidade (450W, 500W) e se ela trabalha com Watts Reais ou somente é genérica.


Placa-Mãe


A placa-mãe pode ser conhecida como a "espinha dorsal" do computador, nela são interligados os demais componentes que integram o PC, ela determina o modelo de Processador, a quantidade e o tipo de memória RAM  que podem ser usados. Os modelos são basicamente divididos em onboard e offboard. A onboard possui vídeo, áudio e rede integrado, já a offboard não conta com estes componentes.


Processador


"O processador é o cérebro do computador", sua função é processar e executar as funções solicitadas pelo sistema operacional e os programas. No universo popular da informática é o processador quem dá o nome ao computador, por exemplo "Computador Core I3 540". Como o processador trabalha a elevadas temperaturas é necessário a instalação de um cooler no mesmo soquete do processador e a aplicação de pasta térmica.

Memória RAM

Memória de Acesso Aleatório, é responsável pela velocidade do computador, pois carrega os dados para o processador executar.  Quanto mais Gbs de memória mais rápido será o PC. Quanto mais programas estiverem em uso, menor será a a memória disponível. Quando a memória é insuficiente para rodar os programas que você precisa, o S.O. "toma emprestado" do HD a quantidade necessária para rodar o aplicativo solicitado, este processo chama-se "memória virtual", mas torna o sistema lento pois a memória virtual do HD é mais lenta que a memória RAM.


Disco Rígido (HD)


É o dispositivo de armazenamento dos dados do PC, Ao contrário da memória RAM, os dados que estão no HD não são apagados quando o computador é desligado. Os modelos mais atuais possuem capacidades maiores de armazenamento e melhores taxas de transferência de dados.  Para que os dados possam ser acessados, o HD é conectado à placa-mãe através de um cabo IDE, SCSI ou SATA.


Drives


Os Drives são os leitores e gravadores, como o Drive Floppy(disquete), Drive de CD, DVD e Blu-Ray

Periféricos


São equipamentos acoplados ao computador, projetados para tornar mais agradável a interação entre usuário e máquina, como o Mouse, Monitor, Teclado,WebCam, Impressora...


por Leonardokipper

quarta-feira, agosto 03, 2011

Trabalho de Escola - Discurso sobre Desenvolvimento Sustentável

Prezados professores e colegas aqui presentes, eu Leonardo Kipper, venho aqui hoje falar sobre um assunto importante e que está constantemente presente na mídia atualmente, trata-se do Desenvolvimento Sustentável. Se continuarmos com a atual realidade estaremos levando para as futuras gerações, não um planeta, mas sim um grande depósito de lixo, pois este será o futuro e provavelmente o fim de nosso planeta.


Não é de hoje que o problema existe, ele já vem de muito tempo atrás e nós somente estamos agravando a situação e tornando-a irreversível. Como qualquer casa, o planeta é o espelho dos seus moradores, assim devemos tomar atitudes cabíveis para depois apontar-mos os erros nos outros.


“Toda ação tem uma reação”, já afirmava isso a Terceira Lei de Newton; a árvore que cortamos hoje dará origem ao gás carbônico que nos matará amanhã. Tendemos a ser capitalistas, buscar mais lucros e conforto e expandir nossos horizontes, mas devemos fazer isto de uma maneira consciente, de tal forma a não prejudicar nosso planeta.


Para que a mudança realmente aconteça devemos começar com pequenas ações, como diminuir o desperdício de energia e água, reutilizar sacolas e caixas, e levar o lixo para a reciclagem, na hora de comprar, optar por produtos com selos de proteção ao meio-ambiente, eletrônicos que emitam pouca radiação para proteger a camada de ozônio e que consumam pouca energia.


Só após as nossas ações poderemos pedir a grandes empresas reduzirem a emissão de poluentes, incentivar a criação de energia a partir de fontes renováveis, como é o caso da biomassa e etanol, e condenar a extração de fontes poluentes, como o petróleo e a energia de termoelétricas.


Devemos também combater a derrubada de florestas, as queimadas e o tráfico de animais, pois de alguma forma são necessárias para manter as condições de vida no meio ambiente.  O planeta pune nossas ações com temperaturas cada vez mais altas, chuvas intensas, tornados e furacões além de tsunamis e terremotos.


O desenvolvimento econômico também deve ser reavaliado, o lucro não deve ser aquilo que ganhamos financeiramente, mas sim a recompensa por termos feito ações sustentáveis que ajudem as futuras gerações.


Já o desenvolvimento social é a questão mais importante, não adianta combater o desmatamento e a poluição se grande parte da população vive na miséria, estima-se que dos 7 bilhões de habitantes da Terra, 1 bilhão e 100 milhões vivem em  pobreza extrema com menos de 1 dólar por dia.


A agricultura também deve sofrer grandes mudanças, deixar de desmatar para criar gado, evitar a contaminação de lençóis freáticos, implantar biodigestores para reduzir a poluição do metano, e a partir deste produzir energia limpa.


O consumo consciente deve ser feito adotando a prática dos 3 “erres”: o primeiro de REDUÇÃO, evitar adquirir produtos desnecessários, o segundo de REUTILIZAÇÃO,  sugere o reaproveitamento de embalagens, sacolas, e frascos, o terceiro e ultimo R de RECICLAGEM,  orienta separar o lixo que pode ser reciclado do restante, para evitar o gasto de matéria-prima na fabricação de um produto que pode ser adquirido através da reciclagem.

Adote a prática dos 3 “erres” e ajude a salvar o nosso planeta, este será o meu, o teu e o nosso compromisso!!!

Muito Obrigado.

terça-feira, agosto 02, 2011

Simuladores agrícolas

Para vocês que curtem games, esse dois jogos são de agricultura, hoje em dia é difícil achar games desses gêneros.


Farming Simulator 2011 


Você começa o jogo como um jovem fazendeiro, com apenas alguns hectares de terra e pouco equipamento, e seu objetivo é crescer até se tornar um grande latifundiário. A tarefa não é fácil e, para chegar ao topo, será necessário trabalhar muito e cuidar muito bem das plantas e animais de sua propriedade. 

Maquinário Pesado 
Apesar de ter como foco principal o desenvolvimento da fazenda, a equipe de produção de Farming Simulator 2011 deu atenção especial ao maquinário que é utilizado para as mais diferentes tarefas. O game conta com licença para uso de marcas reais, ou seja, todo o maquinário utilizado no game é baseado em veículos utilizados nas grandes plantações. As semelhanças vão além do visual, e estão presentes também na performance e funcionamento dos veículos. 

Arados, colheitadeiras, semeadeiras, tratores e caminhões têm um papel primordial no desenvolvimento de suas terras. Mas nenhum deles faz o trabalho sozinho. Cabe ao jogador controlar cada um dos veículos independentemente e realizar as tarefas necessárias para o plantio. Comandos no teclado coordenam cada uma das ações possíveis, e são exibidos na tela sempre que puderem ser acionados. 

Investimento e retorno 
Um dos principais conceitos que devem ser assimilados pelo jogador de Farming Simulator 2011 é o de que a fazenda é um ciclo completo. Quanto melhor trabalhada, mais recursos ela gera para a compra de melhorias, ampliando ainda mais a produção e gerando muito dinheiro. 

Invista em maquinário 
Mesmo com o objetivo do game sendo o crescimento da fazenda e não o enriquecimento, o dinheiro tem um papel importante no game. É com ele que o jogador pode comprar novos equipamentos, sementes ou animais diferentes para ampliar ou diversificar sua produção. 

A principal maneira de conseguir dinheiro é por meio da criação de gado, outra novidade dessa versão. A pecuária, além de gerar adubo para as plantações, é uma importante fonte de rendimentos por meio da venda de produtos derivados do leite e de carne.







Agrar Simulator 2011


A principal tarefa do agricultor – a produção de produtos agrícolas, tais como produtos alimentares de origem vegetal e animal. Isso pode incluir a produção de recursos renováveis e energia (por exemplo, óleo de canola, biogás). Com o jogo Agrar Simulator agora você tem a oportunidade de encarar todos os problemas dos agricultores tradicionais. Comece o seu negócio e torne-se um fazendeiro de sucesso







por Leonardokipper, baseado em Gamevicio